top of page

Como abraçar, acolher e reconhecer o que você cria de bom?



Ter autoconfiança e um bom grau de autoestima ajuda a viver melhor ao ter uma visão positiva e, acima de tudo, construtiva.


A autoestima é importante não só na vida pessoal, mas também no trabalho. Quantas vezes você já se sentiu deslocada, pensando que não está à altura do trabalho que está fazendo?


Com a mudança de certos pensamentos, você pode trabalhar para aumentar sua autoestima, criando uma pessoa mais confiante, decidida, pronta para a desafios e capaz de se alegrar com o próprio sucesso e ao redor.


Confira alguns possíveis caminhos que podem te ajudar bastante nesse sentido.


Ações possíveis para melhorar a autoestima


Tópicos:

1 - Concentre-se em seus pontos fortes

2 - Nunca pare de aprender

3 - Não fique sempre na zona de conforto

4 - Elimine a linguagem negativa

5 - Faça, com medo mesmo, mas caminhe em busca do seu objetivo


1 - Concentre-se em seus pontos fortes


Um primeiro passo para estimular a sua autoestima no trabalho é se concentrar em seus pontos fortes.


Faça uma lista de todas as suas qualidades e aprenda a explorá-las. Pode ser um diário no qual você anote cada pequena ou grande conquista, além das emoções positivas que fazem parte do seu dia de trabalho.


Perceber suas melhorias, mesmo as pequenas, ajudará você a aumentar a confiança em si mesma, bem como a assumir um pensamento positivo.


Conhecer bem os pontos fortes permitirá que você os use também no futuro, talvez aprimorando-os ainda mais.


Não se esqueça de outra coisa importante.


Ah um outro ponto. Você pode toda vez que terminar uma tarefa, perguntar-se se existe outra maneira de fazer melhor.


Ou seja, além de ampliar a sua criatividade para uma mesma atividade, você estimula o seu pensamento sobre como você pode aprimorar suas capacidades. Isso é um pensamento estratégico no presente e no futuro, para conseguir alcançar o que deseja e melhorar a autoestima.


2 - Nunca pare de aprender


Lembre-se de que na vida é sempre bom aprender algo novo. Estar informada sobre as tendências relacionadas ao seu setor profissional e, inclusive, conhecer o que está rolando em outras áreas. Você amplia as suas referências e agrega repertório ao seu trabalho.


Uma forma de trabalhar melhor e de ter a segurança de si é conhecer bem as habilidades necessárias para que você se desenvolva cada vez mais.


Outro ponto bom é estar atualizada sobre as mudanças relacionadas à sua área de atuação. Tenha curiosidade, faça perguntas, procure conhecer mais.


A medida que dominamos um assunto, nos tornamos uma espécie de referência e isso só faz bem para a sua autoestima.


Se você não sabe de algo, se tem dúvidas, não entendeu nenhuma etapa do projeto em que está trabalhando, não hesite em perguntar para outras pessoas. Elas também te ajudarão no seu processo de melhorar a autoestima.


3 - Não fique sempre na zona de conforto


Se você realmente quer crescer e aumentar sua autoestima, então acredite em si e siga com coragem para sair da sua "zona de conforto".


Teste-se, aceite novas atribuições e tarefas, enfrente os desafios de frente. Eu sei, tudo isso pode parecer assustador, porém a adrenalina e o desafio vão te fazer ganhar mais confiança.


Mesmo que os resultados não sejam os melhores, não desanime, mas aprenda com os seus erros.


Na verdade, outro segredo para não cair no desânimo é justamente não ter medo de cometer erros, mas aprender a aceitá-los como aprendizado.


Se você erra hoje, amanhã fará melhor. Uma vida sem erros não envolve nenhum crescimento pessoal e profissional.


4 - Elimine a linguagem negativa


Pensamentos negativos apenas atraem um clima negativo para sua vida. Por exemplo, pensar em si mesmo como um “fracasso”, uma pessoa incapaz de atravessar medos e limitações não vai te levar a nada de bom.


Procure focar nas coisas positivas, mude a sua forma de pensar e de ver a realidade, tente eliminar da sua linguagem todas aquelas palavras ou pensamentos que apenas te põem para baixo.


Só para dar um exemplo, evite dizer: “Não consigo, é muito complicado para mim, melhor fazer algo mais simples”.


Tente substituir essas expressões por outras positivas, como: “Como eu poderia fazer? Como posso melhorar? Que técnicas posso usar para ter sucesso? ”.


Uma boa iniciativa é fazer a si mesma perguntas construtivas, evitando declarações e pensamentos negativos. Lembre-se de que todo problema pressupõe uma solução.


5 - Faça, com medo mesmo, mas caminhe em busca do seu objetivo


Estabeleça metas, mesmo pequenas, com as quais se comprometerá a trabalhar todos os dias com determinação e firmeza.


Para crescer pessoal e profissionalmente, você precisa estar determinada e ter vontade de fazê-lo. Os momentos de receio e medo vão aparecer, mas acredite, todas nós também passamos por isso e não sabemos de tudo o tempo todo. Nós arriscamos e seguimos com medo mesmo.


Não se esqueça da lição mais importante, o que você quer alcançar é possível, acredite, faça as suas escolhas e trabalhar para isso.


Qual é a importância da autoestima e da autoconfiança?

Ter um certo grau de autoestima, autoconfiança no seu potencial é muito importante, não só na vida pessoal, mas também no exercício do trabalho.


Mas o que é autoestima? Ela nada mais é do que o processo que leva a pessoa a se valorizar com todas as suas potencialidades e vulnerabilidades.


Isso é algo que alguns indivíduos desenvolvem desde muito cedo. Outros começam mais tarde o desenvolvimento pessoal para se tornarem cada vez mais confiantes com o tempo. A real é que a autoestima é construída diariamente.


Como diz o ditado "É errando que se aprende". Dia a dia, você será capaz de aprender com os erros e não ouvirá tanto a voz do medo de errar.


Ter confiança em suas habilidades também te ajudará a se relacionar melhor com as pessoas. O segredo é não se sentir inferior nem incapaz. Está todo mundo na vida buscando seu lugar no mundo, dando um novo passo a cada momento. E você sabe que dá o seu melhor em tudo o que toca, confia em si!




Comments


bottom of page